Economia dos Estados Unidos cresce 4,2% no trimestre

A economia norte-americana cresceu novamente no primeiro trimestre, mas em ritmo inferior ao previsto pelos economistas, segundo a primeira prévia do número divulgado hoje pelo Departamento do Comércio. O PIB cresceu 4,2% no primeiro trimestre, acima da expansão de 4,1% do quarto trimestre e abaixo das estimativas dos economistas de crescimento de 5%. No entanto, o relatório mostrou que os indicadores que avaliam a inflação registraram alta relevante no período. O índice de preços para compras brutas domésticas disparou 3,2% no primeiro trimestre, depois de subir 1,3% no quarto trimestre do ano passado. O índice de preços para consumo pessoal, o qual o Fed utiliza para avaliar a inflação, avançou 3,2% no primeiro trimestre, de alta de 1% no quarto trimestre. O crescimento econômico norte-americano durante o primeiro trimestre foi garantido por pequena expansão nos gastos com consumo, nos gastos federais, exportações e aumento nos estoques. No entanto, os investimentos das empresas diminuíram. Segundo o Departamento do Comércio, os gastos com consumo, que correspondem a dois terços do PIB, subiram 3,8% no primeiro trimestre, depois de alta de 3,2% no quarto trimestre. As compras de bens duráveis, previstos para durarem três anos ou mais, caíram 4,7% no período, depois de alta de 0,7% no trimestre anterior. As compras de bens não-duráveis subiram 6,4%, após avançarem 5,4% no quarto trimestre. Os investimentos das empresas cresceram 7,2% no primeiro trimestre, após alta de 10,9% no quarto trimestre de 2003. Os investimentos não-residenciais cederam 6,5%, depois de queda de 1,4%; os investimentos em equipamentos e softwares cresceram 11,5% no trimestre, de alta de 14,9% no quarto trimestre. Os estoques das empresas cresceram US$ 15,3 bilhões no primeiro trimestre, de alta de US$ 9 bilhões no quarto trimestre. O aumento nos estoques somou 0,27 ponto percentual à expansão do PIB. As vendas reais finais de produtos domésticos - PIB descontada mudança nos estoques privados - avançou à taxa anual de 3,9%, da taxa de 3,4% no quarto trimestre. As exportações subiram 3,2% no primeiro trimestre e as importações avançaram 2%. Os gastos do governo federal subiram 10,1% no primeiro trimestre, de alta de 0,7% no quarto trimestre do ano passado. Os gastos dos governos estaduais e municipais caíram 2,6%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.