Economia em alta aumenta confiança da indústria fluminense

O aumento da atividade econômica no Brasil elevou o índice de confiança do setor industrial do Rio de Janeiro, segundo pesquisa efetuada pela Federação das Indústrias do Estado (Firjan) nos 20 primeiros dias deste mês junto a 200 empresas fluminenses. A pesquisa conclui que o número de pessimistas diminuiu em relação à última sondagem efetuada em abril, embora ainda se vejam dificuldades para uma expansão mais firme da atividade. Depois da queda registrada em abril, o índice de confiança voltoua apresentar aumento, avançando 9,3%, de 51,6 pontos para 56,4 pontos. Na comparação com abril de 2003, a expansão foi de 7,4%.O Presidente do Conselho de Economia da Firjan, Carlos Mariani, confirmou que a melhora da percepção é um fato generalizado em todo o País. "Esperamos que não se criem tempestades artificiais que venham a prejudicar o quadro de transferência da atual sensação de bom humor para os empresários e os consumidores que estão voltando às compras, mesmo considerando que os juros não baixaram e que o financiamento das compras a prazo continua punitivo", disse.Nível de emprego tem alta pelo quinto mês consecutivoO pessoal ocupado na indústria fluminense apresentou alta pelo quinto mês consecutivo, segundo a pesquisa da Firjan. Em junho, o aumento foi de 0,64%, o que significa a criação de 2,3 mil postos de trabalho. A alta no emprego industrial atingiu um número maior de setores. Na comparação de junho com o mês anterior, nove dos 13 setores analisados registraram expansão nas contratações, explicadas pelo aumento da produção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.