Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Economia mundial pode lidar com petróleo a US$100--Kuweit

A economia global pode lidar com o preço do petróleo a 100 dólares o barril, disse o ministro do Petróleo do Kuweit neste sábado, enquanto outros países exportadores indicaram que a produção global não deve aumentar em 2011, argumentando que o mercado está bem suprido.

SHAIMAA FAYED E AMENA BAKR, REUTERS

25 de dezembro de 2010 | 10h52

O petróleo tipo Brent fechou a sexta-feira a 93,46 dólares o barril, logo após ter atingido 94,74 dólares, o maior patamar desde outubro de 2008.

Mas os exportadores arábes, que reúnem-se no Cairo neste fim de semana, não veem necessidade de aumentar a oferta, já que os estoques encontram-se elevados e os preços foram inflados temporariamente pelo clima frio na Europa.

Questionado pela Reuters se a economia mundial pode administrar um patamar de 100 dólares por barril, o ministro do Kuweit Ahmad al-Abdullah al-Sabah disse que "sim, pode".

O ministro do Petróleo do Iraque e o diretor da libanesa Corporação Nacional do Petróleo disseram à Reuters que o valor de 100 dólares é um preço justo, enquando o ministro do Catar Abdullah al-Attiyah afirmou não prever que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) eleve a produção no ano que vem.

"Eu não espero uma reunião da Opep antes de junho porque os preços do petróleo estão estáveis", disse ele.

Tudo o que sabemos sobre:
PETROLEOEXPORTADORES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.