Economia não morreu, diz diretor do Fed de Dallas

O presidente do Fed de Dallas, Robert McTeer, considerado um entusiasta da "nova economia" disse que "a nova economia não morreu". "Pode ter havido uma ressaca. Pode estar deprimida, mas não está morta", afirmou. Segundo ele, os fundamentos básicos da tecnologia e da produtividade ainda estão em boa forma e a economia irá recuperar-se rapidamente se os consumidores abrirem suas carteiras um pouco mais. Num discurso para um grupo de empresários de Dallas, McTeer ressaltou a importância do gasto de consumo nos EUA, que representa cerca de 60% do PIB. Segundo ele, no último trimestre de 2000, a expansão do PIB alcançou 1,4% graças ao crescimento de 2,9% nos gastos de consumo. "Se todos colaborarem e comprarem um novo utilitário esportivo, por exemplo, tudo ficará OK", disse McTeer. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.