Economia russa pode crescer 6% em 2010

Previsão oficial, no entanto, continua sendo de expansão de 3,1% no período

Nathália Ferreira, da Agência Estado,

30 de dezembro de 2009 | 10h15

A economia da Rússia pode crescer até 6% no próximo ano se as medidas para modernização econômica e combate aos efeitos da crise forem concretizadas, disse o Ministério da Economia, segundo a agência de notícias Interfax.

 

Entre os problemas que teriam que ser resolvidos estão a falta de empréstimos bancários e a melhora na competitividade dos produtos russos no exterior diante do fortalecimento do rubro, afirmou o Ministério. A previsão oficial é de crescimento de 3,1% em 2010.

 

Embora os preços crescentes de petróleo tenham ajudado a economia russa a tecnicamente sair da recessão este ano, áreas importantes como manufatura e construção tem sido lentas em se recuperar, e o desemprego, que no mês passado atingiu 8,1%, continua sendo um problema.

 

A economia cresceu 1,9% no quarto trimestre de 2009 em comparação ao terceiro trimestre, em linha com uma projeção de contração de 8,7% em todo o ano, que seria o pior declínio no Produto Interno Bruto desde 1994. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.