Economia vai desacelerar no 2º semestre, diz Serasa

A economia brasileira vai reduzir a velocidade a partir do segundo semestre. Esta é uma das conclusões do Indicador Serasa Experian de Perspectiva da Atividade Econômica, divulgado hoje. Em dezembro, o índice teve queda de 0,2%, após um declínio de 0,1% em novembro. Com a redução, o indicador alcançou o patamar de 100,1.

AE, Agencia Estado

22 de fevereiro de 2010 | 12h56

O índice procura prever, com seis meses de antecedência, a posição cíclica da economia brasileira. Ao longo dos últimos seis meses, houve uma aceleração do índice. De acordo com a Serasa Experian, empresa especializada em análise de crédito, a atividade da economia terá uma curva de aceleração nos primeiros seis meses de 2010, mas vai reduzir o ritmo a partir do segundo semestre.

Além disso, conforme os analistas, o eventual ciclo de aperto monetário previsto para o segundo semestre deverá ser menos intenso que os ocorridos em 2004 e 2008.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.