finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Economista da FGV vê espaço para governo subir gasolina

O economista do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV) André Braz afirmou, na tarde desta segunda-feira, 9, que estão mantidas as estimativas para o Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) para setembro, em 0,30%, e para 2013, em 5,7%. "Isso sem considerar eventuais reajustes nos preços da gasolina", declarou em entrevista para comentar o IPC-S da primeira quadrissemana do mês (8 de agosto a 7 de setembro), de 0,25%.

DENISE ABARCA, Agencia Estado

09 de setembro de 2013 | 18h05

Braz acredita em trajetória declinante da inflação ao consumidor em 12 meses no segundo semestre, o que seria uma oportunidade para o governo corrigir, ao menos em parte, a defasagem existente entre os preços internos e externos dos combustíveis, acentuada pela desvalorização cambial.

"Acredito que o ajuste possa ocorrer no próximo trimestre, pois este ano temos taxas de inflação mensal mais baixas que no ano passado, tanto no IPC quanto no IPCA", disse. "Seria uma boa oportunidade (para o governo efetuar um reajuste)", reforçou.

Até agosto, o IPC-S acumula alta de 3,32% no ano e de 5,54% em 12 meses.

Tudo o que sabemos sobre:
IPC-SFGVcombustíveis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.