Economista deixa FMI e acusa Fundo de ter tendências favoráveis à UE

Em carta à diretoria do Fundo, Doyle afirma que falha do FMI em emitir advertências é de primeira ordem, mesmo que essa advertência pudesse não ter sido avaliada

Patrícia Braga, da Agência Estado,

20 de julho de 2012 | 18h38

WASHINGTON - O economista sênior do Fundo Monetário Internacional (FMI), Peter Doyle, está deixando o FMI, sob a alegação de que a administração passou por cima das advertência sobre a crise financeira e por ter tendências favoráveis à Europa que exacerbaram a crise de dívida da zona do euro. Em carta à diretoria do Fundo, Doyle afirma que a falha do FMI em emitir advertências é de primeira ordem, mesmo que essa advertência pudesse não ter sido avaliada.

Doyle é ex-chefe de divisão do Departamento Europeu do FMI responsável pelos países que não estão em crise. Atualmente, ele age como um conselheiro do Fundo e não deve deixar o cargo antes do outono. "As consequências, incluindo os problemas e riscos ainda não enfrentados por muitos, inclusive a Grécia, é que a segunda moeda de reserva global está em risco, e nos últimos dois anos o Fundo vem desempenhando um papel reativo nos esforços de última hora para salvá-la", afirmou Doyle na carta.

Doyle mudou de posição no fundo quase no mesmo momento em que o novo chefe do Departamento Europeu foi nomeado. Um oficial sênior do FMI disse que o novo chefe reestruturou o departamento, substituindo vários dos funcionários por pessoal de seu departamento anterior. "Após 20 anos de serviço, fico com vergonha de qualquer associação com o Fundo", afirmou Doyle.

O porta-voz do FMI, Bill Murray, disse que parte da decisão de Doyle está bem documentada em registro público", incluindo relatórios do Escritório de Avaliação Independente do FMI e esses assuntos foram comentados pela diretora-gerente do Fundo, Christine Lagarde. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.