coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Economista do FMI elogia sistema de metas de inflação

O economista-chefe do FMI, Kenneth Rogoff, disse hoje que "reconhecer que o combate à inflação é o principal objetivo de um banco central é muito importante". Rogoff disse que o sistema de metas de inflação é um "refinamento técnico" da independência dos bancos centrais. Ele elogiou o sistema brasileiro de metas de inflação e observou que economistas brasileiros estão sendo convidados para introduzir sistemas de metas de inflação em outros países. Segundo Rogoff, as metas de inflação são o que há de mais avançado hoje em termos de política monetária. Atualmente cerca de 20 países têm sistemas de metas de inflação, como Inglaterra, Brasil, Nova Zelândia, Chile, Colômbia, México, Hungria, República Checa, Israel e Coréia. Rogoff participa de seminário sobre os três anos do sistema de metas de inflação no Brasil, no Rio de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.