finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Economista elogia prudência do Copom

O economista-chefe da Hedging-Griffo, Elsom Yassuda, disse ontem que a pausa nos cortes da Selic deve ser longa, pois ainda existem muitas dúvidas para 2008. "Entraremos em 2008 com atividade aquecida e inflação um pouco mais alta. Faz sentido a prudência do Copom", disse. Para Yassuda, há vários desafios a serem vencidos. "As incertezas em 2008 não são triviais. Aqui, os problemas com infra-estrutura oferecem riscos relevantes", afirmou, em entrevista ao AE Broadcast Ao Vivo.

O Estadao de S.Paulo

10 de novembro de 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.