Economistas veem PIB crescendo menos em 2014 e Selic menor no próximo ano

Economistas de instituições financeiras passaram a ver que o Produto Interno Bruto (PIB) no Brasil crescerá 0,79 por cento neste ano, contra 0,81 por cento anteriormente, e reduziram a expectativa para a Selic em 2015, de acordo com a pesquisa Focus do Banco Central divulgada nesta segunda-feira.

REUTERS

18 de agosto de 2014 | 08h48

Os economistas passaram a ver a taxa básica de juros a 11,75 por cento em 2015, contra 12 por cento na pesquisa anterior, ao mesmo tempo em que mantiveram o cenário de que ela encerrará este ano a 11 por cento.

Em relação à inflação, os economistas consultados ajustaram a projeção de alta do IPCA neste ano a 6,25 por cento, ante 6,26 por cento, e mantiveram as contas em 6,25 por cento para 2015.

(Por Camila Moreira)

Tudo o que sabemos sobre:
BACENFOCUS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.