Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal
Conteúdo Patrocinado

Ecossistema Carat integra soluções de pagamento para o comércio físico e digital

Solução reúne em um único ambiente toda a integração necessária à empresa que transaciona pagamentos, sejam presenciais ou online

Fiserv, Estadão Blue Studio
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

04 de agosto de 2021 | 11h57

Um novo ecossistema integrado de soluções de pagamento voltado ao comércio omnichannel - as empresas que vendem nos pontos físicos e operam também nos canais de vendas digitais - está chegando ao Brasil. A Fiserv, líder global em tecnologia de serviços financeiros, apresenta o Carat. Ele é voltado para grandes e médias empresas que precisem de uma gestão inteligente e completa de seus dados financeiros.

Com a pandemia, muitos comerciantes tradicionais migraram ou intensificaram sua atuação online, levando a uma expansão rápida do e-commerce, inclusive entre consumidores que nunca tinham utilizado essa modalidade. Com isso, ficou evidente a comodidade de se ter a visão, em um só sistema, dos métodos de pagamento aceitos tanto presencialmente quanto digitalmente (inclusive os mais novos e próprios do Brasil, como o Pix, e recém-anunciados, como o WhatsApp), além de ter à mão um sistema robusto de monitoramento de tentativas de fraude, que por sua vez também aumentaram em tempos de covid-19.

Rápido e seguro, além de ser baseado em nuvem e simples de acessar e utilizar, o Carat vem exatamente de encontro a essas demandas. Ele reúne em um ambiente único toda a integração necessária à empresa que transaciona pagamentos em setores como alimentação, saúde, educação, turismo e utilities, entre outros.

O ecossistema desembarca no País baseado justamente em um grande investimento na usabilidade para o cliente - e é tão amplo e flexível que pode ser modulado para ser usado em praticamente qualquer nicho de negócio.

“Tem comerciante, empreendedor que te trata diferente no mundo online em relação àquela experiência de pagamento que ele te entregou no mundo físico”, aponta Rogério Signorini, diretor de produtos e-commerce para a Fiserv América Latina. “Porém, você não tem dupla personalidade. O que fazemos é ajudar o nosso cliente a fazer essa integração dos dois mundos, o que na maioria das vezes não é simples. Desta forma, oferecemos uma ferramenta poderosa para apoiar os novos modelos de negócio que estão surgindo”.

Essa vantagem é ainda maior por conta do Carat representar um único ponto de contato para o empreendedor, que consegue visualizar na mesma tela todas as suas transações, sejam online ou offline, com facilidades integradas como gestão de vendas e de pagamentos, presentes no mesmo ambiente.

Para o cliente/consumidor, mais vantagens: a companhia que aderir ao ecossistema Carat passa a poder oferecer às pessoas a possibilidade de acessar seus produtos em qualquer lugar, efetuando as compras com qualquer método de pagamento, não importando o dispositivo - e nem o meio - de forma segura e ágil, dentro do modelo hoje chamado de phigital (físico + digital). A experiência, assim, fica mais fluida e com muito menos atritos, e abre portas para modalidades que unem o melhor dos dois mundos, como as possibilidades de comprar online e retirar na loja ou comprar pessoalmente e receber os produtos em casa, por exemplo.

Ao ecossistema estão integrados, no caso brasileiro, mais de 200 métodos de métodos de pagamento, 4.500 sistemas de automação comercial, 15 redes adquirentes e dezenas de subadquirentes. Muitas vezes, as empresas firmam diferentes contratos e trabalham com diversas interfaces para controlar as vendas com cada método de pagamento. Com o Carat, tudo fica unido em uma só plataforma, com nível de integração inédito no mercado brasileiro.

Modularidade

Signorini explica que um dos grandes diferenciais do Carat é sua capacidade de liberdade total de configuração de acordo com a necessidade do cliente. “É ele que escolhe quais as soluções tecnológicas de sua preferência e com as quais quer trabalhar, totalmente adequadas a seu modelo de negócios e de vendas”, explica. “Cada empresa pode adotar apenas as soluções que desejar ou precisar e há uma série de recursos que podem ser integrados na mesma hora ou em pouquíssimo tempo para apoiar o desenvolvimento dos negócios”.

De acordo com o executivo é possível até mesmo customizar uma solução específica levando-se em conta a particularidade ou conveniência de determinada operação comercial, sendo o Carat, assim, aberto a integrações e multiuso para diversos tipos de demandas e empresas. “Costumo dizer que, hoje em dia, nada fica pronto, sempre estamos evoluindo, e inclusive estamos construindo essa plataforma baseados nos pedidos e usabilidade dela por parte de nossos clientes”, destaca Signorini.

Esse desenho é realizado de maneira conjunta entre uma equipe de vendas da Fiserv, e esse time vai junto com o pessoal comercial, já especializado neste tipo de segmento, para entender o que o cliente realmente precisa, detalha o executivo.

Tais integrações são feitas por meio de API (interface de programação de aplicações) entre o Carat e eventuais outros sistemas em uso pelos clientes, para integração das soluções.

Experiência de mercado

A Fiserv já tem expertise em pagamentos no mundo físico - hoje, 75% do varejo brasileiro utiliza o SiTEF® - Solução inteligente de Transferência de Fundos - da Software Express, empresa incorporada desde 2019.

“O que estamos colocando é somar a isso a experiência da omnicanalidade. Nosso cliente, que já nos conhece, terá o mesmo tipo de funcionalidade no mundo online, com as duas coisas conjugadas, por meio do Carat”, afirma Signorini.

Já são processadas 8,5 bilhões de transações por ano - e com o investimento para lançamento do Carat, a capacidade será ampliada para mais de 17 bilhões de transações omnichannel por ano.

No mundo, 14 das 20 maiores marcas globais já usam o Carat para potencializar suas experiências de comércio digital - e o Brasil é o primeiro a ter acesso a essa tecnologia após os Estados Unidos, com o cuidado do investimento que foi feito pela Fiserv para atender as características específicas do mercado nacional.

Entre as empresas que já utilizam a solução, constam gigantes da tecnologia como Google e Microsoft, 8 das 10 maiores cadeias de fast-food e redes varejistas. Clamed e Accor Invest são as primeiras empresas com as soluções do Carat no Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.