Ecossistema integrado de mobilidade já é realidade no Brasil
Conteúdo Patrocinado

Ecossistema integrado de mobilidade já é realidade no Brasil

União de negócios e serviços diferentes tem como objetivo facilitar toda a jornada do consumidor, da compra do veículo, passando pelo seu dia a dia e, até mesmo, na hora de estacionar ou fazer uma refeição

Itaú, Estadão Blue Studio
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

06 de outubro de 2021 | 08h30

A mobilidade urbana vem enfrentando mudanças profundas nos últimos anos. As pessoas estão cada vez mais preocupadas não apenas com qual o caminho para ir do ponto A ao B, mas também com a forma como esse deslocamento é feito. Por fim, a pandemia de covid-19 foi o ingrediente que faltava para quebrar de vez antigos paradigmas e acelerar transformações.

Com as restrições impostas para frear a disseminação do vírus e com o isolamento social, o segmento de mobilidade foi um dos setores mais impactados. Conceitos como digitalização, inovação e adaptação de serviços tornaram-se palavras-chave neste novo momento.

De acordo com uma pesquisa da Moovit, a preferência pelo transporte público no Brasil caiu 15%, enquanto o uso de carros particulares aumentou. Em São Paulo, quase metade dos usuários entrevistados prefere usar carro próprio, por se sentir mais segura após a pandemia.

Essa preferência por carros pode ser notada no crescimento da venda de veículos novos, mas principalmente de usados, neste ano. Até agosto de 2021, as transações de usados já somam 10.234.046 unidades, um crescimento de 48,22% sobre o mesmo período de 2020, segundo dados da Fenabrave, entidade que reúne os distribuidores de veículos do Brasil. “A baixa disponibilidade de veículos novos segue como o grande desafio do setor da distribuição automotiva, e a oferta de usados surge como alternativa para suprir esse mercado”, analisa Alarico Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave.

O ajuste entre oferta e demanda por si só não é uma novidade. A diferença é que toda a jornada de quem pensa em comprar o carro agora pode ser feita de forma digital, em sites como o iCarros, uma empresa do grupo Itaú Unibanco, que integra diversos serviços online para facilitar a vida do consumidor.

Mais que um site, o iCarros funciona como uma espécie de plataforma que acompanha toda a jornada de mobilidade. Da busca por um veículo, novo ou usado, no classificado com 275 mil opções mensais, passando pela simulação de financiamento, contratação de seguro em parceria com a Porto Seguro e até mesmo o serviço de Entrega Fácil, disponível em formato de selo para que os clientes identifiquem quais revendas e concessionárias levam o carro adquirido até a sua casa.

766E3C01-53A8-483E-9B06-CCE0C7108013
O segmento tem se mostrado extremamente dinâmico. Quem diria que faríamos um financiamento de veículos por meio de aplicativo no celular?
E0EAB005-9061-4B3D-86B9-AEB61693E313
Wanderley Vettore, vice-presidente da Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi)

Futuro é agora

Embora pareça cena de filme de ficção científica, toda essa jornada digital é mais que uma tendência para o futuro trata-se de uma realidade já em 2021. O objetivo é integrar os serviços de forma a simplificar a vida de quem procura um carro para se locomover. Para Wanderley Vettore, vice-presidente da Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), empresas de crédito e do setor automotivo se uniram para criar soluções e inovações inteligentes para o consumidor. “O segmento tem se mostrado extremamente dinâmico. Quem diria que faríamos um financiamento de veículos por meio de aplicativo no celular?”, observa Vettore.

Mais que o financiamento, hoje o cliente se utiliza de um aplicativo para acompanhá-lo também durante a jornada de posse do veículo. O próprio iCarros criou, em março de 2020, o aplicativo Check-Up iCarros, de cuidados com o carro para facilitar o dia a dia dos motoristas. Com uma interface intuitiva, o app permite desde a criação de uma agenda do carro até receber notificações de manutenção preventiva, vencimento, pontuação na CNH ou pagamento do IPVA com parcelamento.

Mas, caso tenha contratado uma apólice da Porto Seguro no momento da aquisição do veículo, o cliente pode se utilizar do aplicativo da seguradora, ou ainda acionar a Porto Seguro pelo WhatsApp ou pelo Portal do Cliente. Assim, está tudo ali, a um clique no smartphone: solicitar assistência ou sinistro para o seu veículo, pedir segunda via de boleto, consultar pagamentos e ter acesso aos benefícios exclusivos.

Pagamento sem contato

Por falar em cartão, detentores dos cartões de crédito Porto e Itaú também encontram benefícios para a sua jornada de utilização de um veículo, como vantagens e desconto na utilização da tag da ConectCar, empresa de meio de pagamento automático de mobilidade. Presente em 100% das rodovias pedagiadas e em mais de mil estacionamentos por todo o Brasil, como

shoppings, aeroportos, hospitais, drive-thrus e outros serviços.

Com foco total na experiência do cliente, a ConectCar oferece diversos benefícios que vão além das cancelas, como a reserva de vagas sem sair de casa e o pagamento parcelado de débitos veiculares por meio do seu aplicativo. Assim, proporciona mais facilidade no dia a dia, dentro de uma jornada única, fluida, digital e transparente.

A  empresa, que já tinha 50% de suas ações nas mãos do Grupo Itaú Unibanco, teve sua outra metade adquirida pela Porto Seguro.

A transação reforça a estratégia da Porto em aumentar a conexão entre a mobilidade e os diversos serviços financeiros, além de ser uma oportunidade para introduzir a tag ConectCar aos seus mais de 5 milhões de segurados Auto.

“A aquisição faz parte da estratégia de acelerarmos também o crescimento da base de clientes dos produtos financeiros, fortalecendo a relação entre os produtos da companhia, em linha com a missão da empresa de ser cada vez mais um porto seguro para todas as pessoas, tornando mais fácil e prática a vida dos clientes”, afirmou Marcos Loução, vice-presidente de Produtos Financeiros e Serviços da Porto Seguro, à época do anúncio da compra em junho passado.

Mais recentemente, em setembro de 2021, o Itaú anunciou o lançamento de sua tag própria, a Tag Itaú, em parceria com a ConectCar. Disponível inicialmente para cerca de 20 milhões de cartonistas, com potencial de expandir para todos os 60 milhões de clientes do banco, que terão isenção de mensalidade para aproveitar o benefício de passagens automáticas em pedágios e estacionamentos.

Dessa forma, o cliente que compra um carro tem toda sua jornada de mobilidade coberta por facilidades e benefícios oriundos de um ecossistema de mobilidade digitalizado e integrado. Depois de ter comprado seu novo veículo, financiado e segurado de forma online, o consumidor sente-se praticamente um George Jetson: pode viajar evitando filas e contato para o pagamento dos estacionamentos e pedágios, ter descontos na passagem automática em algumas rodovias e até mesmo fazer uma refeição.

Desde o final de 2020, antecipando a preferência das pessoas por meios de pagamento contactless, já é possível realizar compras no drive-thru do Burger King e pagar diretamente com a tag da ConectCar instalada no carro, dispensando a necessidade do contato com o dinheiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.