EDP suspende investimento no Tocantins

A Electricidade de Portugal (EDP) suspendeu os investimentos na barragem de Couto Magalhães, Tocantins, informou hoje o jornal português Diário Econômico. A companhia já havia paralisado a contrução da Barragem Peixe Angical, também no Estado de Tocantins. As duas obras paralisadas implicavam em investimentos da ordem de ? 611 milhões. Segundo o diário, outra decisão que poderá ser anunciada pela EDP será a venda de participação de 11,27% na CERJ. Esses são os primeiros passos das medidas mais amplas que dentro de dois meses a EDP pretende adotar para a sua estratégia no mercado brasileiro, inclusive tornando as suas unidades no País auto-suficientes em termos financeiros. Segundo o Diário Econômico, com o novo governo brasileiro, "todo o mercado energético naquele país está sendo repensado, condicionando a viabilidade dos investimentos planejados pela EDP".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.