Tasso Marcelo/Estadão
Tasso Marcelo/Estadão

Presidente da Firjan declara apoio ao governo do presidente em exercício Michel Temer

'Não é hora de jogar para a torcida. É hora de apoiar um governo pelo qual lutamos', afirmou Eduardo Eugenio

Daniela Amorim e Vinicius Neder, O Estado de S.Paulo

30 de maio de 2016 | 16h23

RIO - O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, reiterou nesta segunda-feira o apoio da entidade ao governo do presidente em exercício Michel Temer. "Não é hora de jogar para a torcida. É hora de apoiar um governo pelo qual lutamos", afirmou o líder empresarial, ao fazer a abertura de palestra do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, durante almoço na sede da Firjan.

Segundo Eduardo Eugenio, o empresariado deve estar preparado para fazer sua parte. O presidente da Firjan também cobrou que o Congresso Nacional faça o mesmo. "O Congresso tem a responsabilidade histórica de cumprir o papel que se espera dele", disse.

Apesar do avanço da operação Lava Jato, para Eduardo Eugenio, os congressistas foram eleitos para entregar um Brasil melhor para o povo, e os parlamentares têm o dever patriótico de votar a favor das medidas anunciadas pela equipe econômica do governo Temer, ou, no mínimo, apresentar alternativas melhores. "A verdade é que o Brasil não tem um plano B, só tem o plano T, de Temer", disse Eduardo Eugenio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.