Efeito Ambev ainda predomina no mercado de ações

Terminada a primeira parte do pregão, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com alta de 0,20%, às 13h30. O volume negociado foi de R$ 527 milhões. As ações mais negociadas são as preferenciais (PN, sem direito a voto) da Ambev, as quais operam em baixa de 3,78%. Os papéis da companhia também são destaques de baixa esta manhã na Bovespa. Isso porque os investidores consideram que o controle da empresa deve ser trocado futuramenteJá o destaque de alta são as ações ordinárias (ON com direito a voto) da Ambev, que, pela Lei das S.As., dão direito ao tag along em caso de troca de controle. O tag along é o direito que garante aos acionistas minoritários, no caso de venda do controle da companhia, as mesmas condições de oferta dadas aos controladores. O movimento de queda das ações preferenciais da companhia é uma reação ao anúncio de que a cervejaria belga Interbrew ficará com o controle de 85% da Ambev. Os minoritários da cervejaria que detêm preferenciais devem ser prejudicados com a incorporação. O fato é que, na formatação desta operação, serão emitidas 13,8 bilhões de ações preferencias da Ambev, o que diluirá ainda mais a participação dos acionistas minorirários nas preferenciais. Ontem Ambev PN desabou 14,96%. Diante disso, os investidores estão se desfazendo das ações preferenciais da cervejaria e comprando ações ordinárias de outras empresas.Efeito no mercadoEsse movimento é mais nítido no setor de telecomunicações, cujas empresas são consideradas o principal alvo de futuras aquisições. No final da manhã, as ordinárias da Tele Celular Sul disparavam 9,83% e a preferencial avançava apenas 0,27%. Telemar PN cedia 1,50% enquanto a ON avançava 4,73%, depois de ter subido mais de 10% esta manhã. Outro bom exemplo era Brasil Telecom ON, que operava em alta de 4,39%. Já a PN recuava 1,26%. Fora do setor de telecomunicações, esse movimento era notado também em Embraer. A ON subia 5,49% enquanto a PN recuava 0,61%.Para ler mais: Ações da Ambev despencam e Bolsa fecha em alta de 0,48% Associação de minoritários terá reunião com Ambev Acordo com Interbrew não é favorável a minoritário da AmbevInterbrew fecha em alta de 2,61% na Bolsa de BruxelasAmbev terá gestão compartilhada, mas Interbrew detém controle Fusão AmBev/Interbrew é destaque na EuropaAmBev tem lucro líquido de R$ 1,411 bilhões em 2003AmBev não está sendo comprada, diz InterBrewLucro da Interbrew subiu 9,1% em 2003, abaixo do esperadoAções da Interbrew caem 5,35% com anúncio de acordoAmbev e Interbrew anunciam termos de troca de açõesAmbev admite vazamento de informações sobre fusãoAmbev será investigada por uso de informação privilegiadaAmBev anuncia que negocia várias operações com InterbrewNegociação AmBev-Interbrew derruba ações na Bélgica

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.