coluna

Carolina Bartunek: ESG, o que eu tenho a ver com isso?

Eike fecha acordo com Acron para voltar ao Hotel Glória

A companhia suíça Acron e o empresário Eike Batista fecharam um acordo vinculativo para buscar em parceria a renovação do Hotel Glória, no Rio, um dos mais tradicionais do País. O comunicado, divulgado pelo grupo EBX, de Eike, não traz detalhes do acerto. Após uma série de atrasos, a nova previsão é de que o hotel seja inaugurado em 2016, de acordo com a nota.

O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2014 | 02h04

"A Acron e Eike Batista assinaram um acordo vinculativo para buscar conjuntamente a renovação do histórico hotel de referência no Rio de Janeiro", diz o comunicado divulgado em inglês.

Segundo o informe, desde que assumiu o desenvolvimento do hotel em 1º de fevereiro de 2014, a Acron estruturou o investimento, contratou prestadores de serviços e se comprometeu com um grupo hoteleiro para as operações do hotel.

O empresário diz, na nota, que "está muito satisfeito por novamente cuidar do Hotel Glória, junto com a Acron". Em fevereiro deste ano, a empresa suíça comprou o empreendimento da REX, braço de empreendimentos imobiliários do grupo EBX. "É um ponto de referência próximo do coração da maioria dos cidadãos do Rio de Janeiro. As nossas competências combinadas garantirão que o Hotel Glória seria um hotel de liderança novamente, assim como foi pelos últimos 82 anos", diz Eike por nota.

"Acreditamos que ter um parceiro com profundo e detalhado conhecimento do Hotel Glória e do Brasil na nossa equipe é o melhor", afirmou Klaus W. Bender, presidente da Acron. O comunicado não explica como ocorrerá a parceria com Eike.

Bender acrescentou que a Acron buscará outras oportunidades e projetos no setor imobiliário no Brasil. A REX adquiriu o Hotel Glória em 2008 e começou uma grande obra de retrofit do edifício em 2011. Eike chegou a anunciar que o hotel seria inaugurado na Copa do Mundo, p que não ocorreu. Atualmente, o hotel tem apenas 26% das obras concluídas e a última previsão era de que abriria em maio de 2015, de acordo com informações do Portal da Transparência. / MARIANA SALLOWICZ, DO RIO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.