Elektro é a distribuidora mais bem avaliada do Sudeste

A Agência Nacional de Energia Elétrica informou hoje que a distribuidora de energia mais bem avaliada pelos consumidores na região Sudeste em 2007 foi a Elektro, que atua no interior de São Paulo. A Elektro recebeu de seus clientes o índice 73,24, em uma escala de 0 a 100, acima da média nacional do Índice Aneel de Satisfação do Consumidor (Iasc), que ficou em 65,39.A distribuidora mais bem avaliada do País no ano passado, porém, foi a Companhia Jaguari de Energia, que atua em Jaguariúna (SP). A empresa recebeu nota de 82,50, ficando com o prêmio nacional do Iasc pelo terceiro ano consecutivo.Na região Norte, a empresa vencedora foi a Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron), com índice de 66,37. No Nordeste, foi a Companhia Energética da Borborema (Celb). A empresa, que atua no interior da Paraíba, recebeu nota 72,72 de seus clientes. Na região Centro-Oeste, na categoria das empresas com mais de 30 mil unidades de consumo, a vitoriosa foi a Centrais Elétricas Matogrossenses (Cemat), com Iasc de 66,69 pontos. Na região Sul, a mais bem avaliada na categoria das companhias com mais de 400 mil unidades de consumo foi a da Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), com 72,25.Na categoria das distribuidoras com até 30 mil consumidores e que estão no Sul, Sudeste e Centro-Oeste, a empresa melhor colocada foi a Companhia Jaguari de Energia, também vencedora do prêmio nacional. O prêmio das empresas que estão no Sul ou Sudeste e que têm entre 30 mil e 400 mil clientes ficou com a Empresa de Distribuição de Energia Vale Paranapanema, cuja pontuação foi 72,84. A Aneel também premiou a Boa Vista Energia, de Roraima, por ter apresentado o maior crescimento de seu índice de um ano para o outro. A pontuação da empresa passou dos 34,38 de 2006 para 58,90 no ano passado.

LEONARDO GOY, Agencia Estado

11 de junho de 2008 | 14h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.