Elétricas obtêm liminar para não pagar taxa

Duas das maiores distribuidoras de energia elétrica do País, a Light e a Bandeirante Energia, obtiveram liminares judiciais que as isentam do pagamento da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE). A taxa constituirá um fundo de cerca de R$ 1,3 bilhão, que será utilizado no incentivo às fontes alternativas de energia.As empresas fazem parte de um grupo de distribuidoras que decidiram recorrer à Justiça contra o pagamento da CDE por não terem, nas tarifas ao consumidor, compensação correspondente para arcar com a nova despesa, conforme havia informado nesta semana a Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.