Eletrobrás destaca interesse de fundos por projetos de energia

O presidente da Eletrobrás, Silas Rondeau, disse hoje que os fundos de pensão estão interessados em investir em projetos de geração de energia. A maioria do fundos de pensão, segundo ele, já teria procurado a Eletrobrás para se informar sobre os projetos que serão colocados em licitação.O presidente da estatal disse que as regras estabelecidas no novo modelo do setor elétrico deram mais segurança para que os fundos de pensão invistam no setor, uma vez que os empreendimentos passam a ter um perfil mais conservador de investimento.Segundo Rondeau, a forma de participação desses fundos estará mais definida quando o Congresso concluir a votação do projeto de lei das parcerias público-privadas (PPP). Ele confirmou que os decretos que regulamentam o novo modelo do setor elétrico devem sair até o fim deste mês.A Eletrobrás pretende participar tanto dos leilões de linhas de transmissão quanto das licitações para a construção de usinas geradoras. Essa participação, no entanto, estaria limitada a 49%, por orientação do Ministério de Minas e Energia. A estatal deverá manter em 2004, segundo Rondeau, o mesmo nível de investimento do ano passado, que chegou a R$ 3,5 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.