Wilton Junior / Estadão
Wilton Junior / Estadão

Eletrobrás diz que conclusão de venda da Amazonas Energia deve ocorrer no dia 10 de abril

Empresa afirma também que manterá mercado informado sobre o assunto e que a Diretoria de Distribuição da companhia será extinta assim que a transferência do controle acionário for realizada

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de abril de 2019 | 10h18

SÃO PAULO - A Eletrobrás informou na noite de terça-feira, 2, que a “efetiva transferência” do controle acionário da distribuidora Amazonas Energia para um consórcio local está prevista para ocorrer no dia 10 de abril, conforme cronograma de desestatização do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Em comunicado, a empresa destacou que manterá o mercado informado sobre o assunto.

A Amazonas Energia foi arrematada em dezembro pelo consórcio formado por Oliveira Energia e a distribuidora de combustíveis Atem. O negócio precisou de um aval do Tribunal Superior do Trabalho (TST) para ser validado, além de aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Em paralelo, a Eletrobrás informou também que, “tendo em vista a previsão de conclusão dos processos de privatização de todas as distribuidoras” em 2019, a Diretoria de Distribuição da companhia será extinta tão logo ocorra a transferência do controle acionário da Amazonas Energia.

De acordo com a estatal, a decisão, tomada pelo Conselho de Administração da empresa, “está alinhada à diretriz ‘Readequação do Modelo de Negócios, Governança e Gestão’ do Plano Estratégico 2015-2030 e com a iniciativa Atuação Sustentável do ‘Desafio 23: Excelência Sustentável’”. / Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.