Eletrobrás não deve incluir Furnas no balanço do 1º tri

Segundo executivo da companhia, não há previsão para a divulgação do dado

Wellington Bahnemann, da Agência Estado,

18 de maio de 2010 | 11h36

O gerente de Relações com Investidores da Eletrobrás, Arlindo Castanheira, disse que não há previsão para publicação do resultado do primeiro trimestre de 2010 da holding com os números consolidados de Furnas e das empresas Distribuição Acre, Amazonas Energia, Distribuição Roraima e Distribuição Rondônia - desta última, a Eletrobrás só consolidou os dados de janeiro de 2010. "Não há previsão para a divulgação. Mas podemos dizer que o lucro vai ser muito maior do que o reportado", afirmou o executivo, em teleconferência para analistas.

No balanço divulgado nesta terça-feira, 18, sem incluir essas empresas, o lucro líquido da holding no primeiro trimestre de 2010 foi de R$ 519,8 milhões, alta de 413%. Com a inclusão dos resultados de Furnas, Castanheira disse que o lucro do primeiro trimestre de 2010 ficará mais elevado. "Vale lembrar que Furnas tem um porte econômico parecido com o da Chesf. Isso demonstra o que pode ser acrescido no lucro", afirmou. No período, a Chesf reportou um resultado líquido de R$ 433,8 milhões. Com Furnas e as outras subsidiárias, os analistas do Itaú Securities estimam que a Eletrobras deve reportar um lucro de R$ 685 milhões no primeiro trimestre de 2010.

Segundo o executivo, as demonstrações financeiras de Furnas não foram concluídas a tempo da divulgação dos resultados em razão da implantação de um novo sistema de gestão contábil na subsidiária este ano, em substituição ao modelo antigo da década de 1980. "Como isso exigiu a transferência de um grande banco de dados, a empresa não apresentou os resultados", disse Castanheira. O gerente de RI, porém, não explicou o motivo dos atrasos na publicação das demonstrações financeiras das distribuidoras do grupo.

Essa não é a primeira vez que a companhia atrasa a divulgação dos resultados. O mesmo ocorreu já no quarto trimestre de 2009. A diferença, explicou Castanheira, é de que as controladas chegaram a produzir os balanços, mas não tinham o parecer dos auditores. O executivo disse que a empresa divulgou esta semana os resultados das distribuidoras do quarto trimestre de 2009, exceto da Distribuição Acre. "Com isso, iremos reapresentar o resultado do informe ao investidor de 2009", afirmou o executivo.

Tudo o que sabemos sobre:
eletrobrásbalançotrimestrefurnas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.