Eletrobras será negociada em Madri

As ações da Eletrobras estarão listadas na Bolsa de Madri a partir da próxima quinta-feira, dia 14, informou ontem a coordenação do mercado de valores latino-americanos, o Latibex. A empresa de energia será a nona empresa listada no Latibex, criado há nove meses, e a quarta de capital brasileiro. A empresa de telecomunicações GloboCabo passou a ser listada no Latibex em julho, depois da Aracruz Celulose e da Companhia Vale do Rio Doce.Para o presidente da Eletrobras, Firmino Ferreira Sampaio, "a criação do Latibex na bolsa espanhola põe ao alcance da nossa empresa a possibilidade de atingir nosso objetivo de negociar ações no mercado europeu". O Latibex ainda apresenta um baixo volume de transações, mas como os negócios são cotados em euros, tem sido considerado pelas companhias brasileiras uma porta de entrada para o mercado europeu de capitais.A Eletrobras vai negociar no Latibex ações ordinárias (ON, com direito a voto) e preferenciais (PN, sem direito a voto) do tipo B - as mesmas listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e representadas pelos American Depositary Receipts (ADRs), recibos de ações negociados em Nova York. As ações serão negociadas em lotes de 500. No dia 13, um dia antes do início das negociações dos papéis, a direção da Eletrobras vai apresentar a empresa a investidores e analistas europeus na sede da Bolsa de Madri.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.