coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Eletroeletrônicos elevam gasto médio em compra on-line

O valor médio das compras feitas pela Internet e pagas com cartão de crédito quase triplicou desde 1999. Há três anos, cada internauta gastava em média R$ 42 em suas compras on-line. Hoje, este valor está em R$ 118. O aumento tem sido atribuído à entrada no mundo virtual de empresas de varejo de eletroeletrônicos, cujo valor agregado é maior.Estes produtos estão em quinto lugar na lista de artigos mais vendidos, atrás de CDs, livros/revistas, DVDs/vídeos e brinquedos.Em 2000, do volume total movimentado, os eletroeletrônicos respondiam por 10%, porcentual que passou para 21% no ano passado, segundo pesquisa realizada pela Credicard.De acordo com Fernando Chacon, diretor de Planejamento Estratégico da empresa, o desenvolvimento de tecnologias para garantir a segurança nas operações está sustentando a expansão da utilização do cartão no comércio eletrônico.A mudança de comportamento do internauta elevou também a participação das compras on-line no total movimentado pelas empresas de cartão de crédito de 1% em 1999 para 5% em 2002, o que equivale a R$ 3,2 bilhões. O cartão de crédito é a forma de pagamento mais comum nas compras pela Internet. Cerca de 85% das transações são pagas com cartão e os 15% restantes ficam divididos entre cheques e boletos.PerfilSegundo a pesquisa, entre os portadores de cartão de crédito que fazem compras pela Internet, os homens são 56% do universo total. Destes, 55% têm entre 26 anos e 45 anos. Embora o contingente de internautas seja majoritariamente jovem, os maiores gastos são feitos por pessoas com mais de 55 anos.A Credicard e a América On Line anunciaram hoje uma parceria para o lançamento de um cartão de crédito, com as bandeiras Visa ou MasterCard, que visam a fidelização do usuário. Quem adquirir um cartão Credicard AOL ganha desconto de 35% nas mensalidades do provedor de Internet e acumula pontos a cada compra para participar de promoções e concorrer a prêmios.A meta das empresas é comercializar 30 mil cartões no primeiro ano de parceria. A América On Line possui 1,4 milhão de assinantes na América Latina (Brasil, Argentina, México e Porto Rico).

Agencia Estado,

24 de junho de 2002 | 18h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.