Eletronuclear: obras de Angra 3 começam neste ano

A Eletronuclear espera iniciar as obras da usina nuclear de Angra 3 no segundo semestre deste ano. De acordo com o presidente da empresa, Othon Luís Pinheiro, todos os requisitos para obter a licença ambiental prévia foram cumpridos e a expectativa é que ela saia este mês. "Não há razão para não sair", disse. "Já temos 20 anos de avaliação ambiental", argumentou, referindo-se ao início do projeto, nos anos 80. A usina deve começar a operar em 2014, caso as obras se iniciem mesmo neste ano.O custo estimado para a construção da usina pela consultoria suíça Colenco, contratada pelo governo, é de R$ 7,3 bilhões, cerca de 3% menos que o valor previsto anteriormente. Ele considerou a variação pequena para uma obra do porte da usina. "Como todos os estudos estão na mesma faixa, há probabilidade grande de (a avaliação) estar correta", considera Pinheiro.O executivo afirmou que a Eletronuclear "não tem problemas de financiamento". Parte da usina será paga em reais. "Vamos pegar empréstimos estrangeiros também", afirmou, acrescentando que ainda há bastante tempo para negociar e que não se negocia com pressa.No ano que vem, a Eletronuclear vai procurar lugares no Nordeste para abrigar outras usinas nucleares. Depois de Angra, a próxima deve ser nordestina e começar a operar em 2018. "É perfeitamente possível fazer duas ao mesmo tempo. A China está fazendo várias ao mesmo tempo", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.