finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Eletropaulo checa caso especial por computador

Os registros de consumo considerados atípicos durante os meses de maio, junho e julho do ano passado - indicadores para se estabelecer a cota de cada consumidor - serão avaliados pelos computadores da Eletropaulo e a empresa reconheceu, durante a entrevista desta quarta-feira, que sobrarão poucas brechas para uma negociação particular com os consumidores. "Há casos em que a residência ficou desocupada durante um daqueles meses ou que ocorreu um excesso de consumo", exemplificou Luiz Hernandez, vice-presidente da empresa. Nestes casos, serão procuradas novas médias de consumo. O trabalho será feito pelos programas de computador que gerenciam os serviços da Eletropaulo. "Os programas já começaram a ser adaptados para o racionamento", anunciou ele. Depois de estabelecidas as novas médias, o consumidor será avisado e terá que se enquadrar nelas. "A negociação caso a caso de todos estes casos é impossível. Atendemos a 4,5 milhões de consumidores ", antecipou Hernandez.

Agencia Estado,

23 de maio de 2001 | 20h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.