Hélvio Romero/Estadão
Hélvio Romero/Estadão

Eletropaulo fará aumento de capital de R$ 1,5 bi com emissão de ações pela Enel

Serão emitidas cerca de 33,2 milhões novas ações ordinárias, ao preço de R$ 45,22 cada;

Fabiana Holtz, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2018 | 10h03

O conselho de administração da Eletropaulo aprovou, em reunião realizada na noite de quinta-feira, 27, a proposta de aumento do capital no valor de R$ 1,5 bilhão. O aumento será feito por subscrição privada, isto é, emissão de papéis com preferência de compra para os atuais acionistas. Serão cerca de 33,2 milhões novas ações ordinários, ao preço de R$ 45,22 cada.

Segundo a empresa, o objetivo é viabilizar a execução do plano de investimento e reforçar o caixa da empresa para fazer frente a necessidades e obrigações de curto prazo.

Em 26 de junho, a Enel já havia aprovado a realização de um adiantamento para futuro aumento de capital (AFAC) no valor de R$ 900 milhões a favor da Eletropaulo, como parte do aporte de R$ 1,5 bilhão que a companhia italiana fará como resultado da oferta pública para aquisição de ações (OPA) da distribuidora paulista, realizado no dia 4 de junho.

Com o aumento de capital por subscrição privada aprovado, o capital social da companhia, atualmente no valor de R$ 1,323 bilhão, passará a ser de R$ 2,823 bilhões divididos em 200,5 milhões de ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal.

O porcentual de diluição para os acionistas que não subscreverem nenhuma ação durante o período para exercício de direito de preferência do aumento de capital será de 16,54% - desconsiderando as ações em tesouraria. / COM REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
EnelEletropaulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.