Eletropaulo informa sobre metas e corte

Do dia 20 de agosto até hoje, a Eletropaulo efetuou 1.863 cortes no fornecimento de energia elétrica dos clientes que não cumpriram a meta de consumo por dois meses consecutivos. Os cortes abrangem toda a área de concessão da Eletropaulo, formada pela capital e outros 23 municípios da região metropolitana.O critério adotado pela empresa para realizar os cortes segue as determinações da Câmara de Gestão de Crise de Energia Elétrica (GCE). Ou seja, os cortes devem ser iniciados pelos clientes que registraram maior desvio de consumo em relação à meta. A empresa esclarece ainda que na lista estão os clientes inadimplentes assim como os clientes com os vencimentos em dia. Ao elaborar a lista de clientes sujeitos a corte, a Eletropaulo verificou também se não havia nenhum pedido de revisão de meta pendente. Desta forma, só foram incluídos na lista dos cortes os clientes que não solicitaram a revisão, aqueles que já tiveram pedido indeferido ou ainda os que tiveram a meta alterada, mas mesmo assim ultrapassaram por duas vezes a meta de consumo.Mais consumidores cumprem a meta de consumo em agostoO balanço da leitura dos medidores em agosto mostra que mais consumidores cumpriram a meta de consumo em relação a julho. Embora a redução em agosto (23,2%) tenha sido menor em relação aos meses de junho (26 %) e julho (26,1%), o índice de consumidores que cumpriram a meta no mês passado foi de 83%, contra 74% em julho. Até do dia 4 de setembro, a Eletropaulo analisou cerca de 520 mil pedidos de revisão, dos quais 430 mil foram procedentes

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.