Eletros estima alta nas vendas de 5% a 10% neste ano

As vendas de produtos das linhas brancas e marrom deverão crescer de 5% a 10% neste ano. A estimativa foi feita pelo presidente da Associação Eletros, Lourival Kiçula, na abertura da Eletrolar Show - 8ª Feira de Negócios para a Indústria e o Varejo de Eletrodomésticos e Eletroeletrônicos, nesta segunda-feira, 15. De acordo com ele, a expectativa é de que as vendas de máquinas de lavar roupas compensem a queda prevista em 6% nas vendas de geladeiras e em 5% de fogões.

FRANCISCO CARLOS DE ASSIS, Agencia Estado

15 de julho de 2013 | 14h49

Para Kiçula, as máquinas de lavar seguem beneficiadas por o governo ter mantido a alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) em 10% até 1º de outubro e o fato de apenas 52% dos lares brasileiros serem equipados com o produto. "O IPI para máquinas de lavar foi mantido em 10% e, segundo o ministro Mantega (ministro da Fazenda, Guido Mantega), permanecerá neste patamar", disse o presidente da Eletros.

O ano, segundo ele, se desenha como mais difícil do que o ano passado pela deterioração da economia e pelo aumento do IPI para alguns produtos do setor. "Mas a expectativa é de crescimento", reforçou.

Kiçula ainda vê como favorável para o setor o Minha Casa Melhor, do governo federal, que visa a financiar itens das linhas marrom e branca para as famílias que participam do Minha Casa Minha Vida. "O programa foi um prêmio para o setor e para as pessoas de baixa renda, que não tinham condições de colocar estes produtos em casa."

Tudo o que sabemos sobre:
Eletrosvendas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.