Eletros prevê alta de até 10% nas vendas do Dia das Mães

Fabricantes de eletroeletrônicos realizam lançamentos para a data, a segunda mais importante para o setor

Milton F. da Rocha Filho, da Agência Estado,

29 de abril de 2008 | 11h56

As vendas de eletroeletrônicos devem crescer entre 8% e 10% neste Dia das Mães, na comparação com a mesma data do ano passado. A estimativa é da Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros). De acordo com a Eletros, os fabricantes estão realizando diversos lançamentos para a data, que é a segunda mais importante no calendário de vendas do setor. A indústria também está reforçando o foco nos produtos fabricados no País, e que têm índice de nacionalização alto, para contornar os problemas de falta de componentes e produtos importados registrados em decorrência da greve dos auditores fiscais. O presidente da Eletros, Lourival Kiçula, disse que entre os produtos que deverão registrar maior volume de vendas destacam-se, na linha de portáteis, ferros de passar a vapor, liquidificadores com filtro, miniprocessadores, mixers e aspiradores de pó; na linha branca, os refrigeradores, fornos de microonda e lavadoras; e, na linha de imagem e som, os televisores de plasma e LCD. Pesquisa feita pela Eletros mostra que entre os fatores que deverão contribuir para o incremento nas vendas no Dia das Mães destaca-se a recuperação da renda, o alongamento dos prazos de pagamento, o interesse dos consumidores por novos produtos e a realização de promoções por parte do varejo.

Tudo o que sabemos sobre:
Dia das MãesEletroeletrônicos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.