Em 1ª reunião, comissão do pré-sal estuda leis estrangeiras

Segundo ministro de Minas e Energia, grupo firmou compromisso para não adiantar informações do trabalho

Lu Aiko Otta, de O Estado de S. Paulo,

28 de julho de 2008 | 18h33

A primeira reunião do grupo interministerial criado para discutir a questão do pré-sal analisou nesta segunda-feira, 28, as legislações dos países produtores de petróleo. Foi o que informou nesta tarde o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, em entrevista, após participar do encontro, realizado na Casa Civil. Veja também:Entenda as discussões sobre as mudanças na Lei do Petróleo  "Há um compromisso interno no sentido de não se adiantarem informações antes do término do trabalho dessa comissão interministerial", disse Lobão. Ele informou que os participantes da reunião avaliaram as leis existentes em países como Rússia, Venezuela, Estados Unidos, Irã e Noruega, entre outros. Ele informou também que a discussão não foi concluída, porque ele (Lobão) e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, tiveram que se retirar, já que acompanharão o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que embarca nesta noite para Salvador (BA), onde inaugura uma fábrica de biodiesel e empossa os diretores da recém-criada empresa de produção de biocombustíveis da Petrobras. A próxima reunião do grupo interministerial está marcada para o dia 12 de agosto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.