Em 2002, Abin já via deficiências estruturais no setor

Desde 2002, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) afirma que as deficiências estruturais do Sistema Interligado Nacional (SIN) de energia elétrica são a razão de blecautes e outras perturbações no País. O relatório de inteligência 91/2100, então classificado como reservado, detalha as vulnerabilidades do sistema.

O Estado de S.Paulo

18 de dezembro de 2012 | 02h05

O documento diz ainda que outro fator de preocupação para o governo é a possibilidade de ataques da guerrilha colombiana contra instalações do sistema elétrico nas áreas de fronteira. Com base em informações do Operador Nacional do Sistema (ONS) elétrico, a Abin afirma que os apagões no País decorrem dessas fragilidades nos sistemas físicos de geração e transmissão de energia e nos recursos de supervisão e controle, que implicariam em um "funcionamento em situação de risco, mesmo durante a operação normal". /A.R. e I.D.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.