carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Em 5 meses, Petrobras teve captação histórica, diz Gabrielli

Segundo presidente, companhia captou US$ 30 bilhões em 2009, três vezes mais que o obtido no ano passado

Claudia Trevisan, de O Estado de S. Paulo,

19 de maio de 2009 | 12h10

A Petrobras captou nos primeiros cinco meses de 2009 o maior volume de recursos de sua história, US$ 30 bilhões, três vezes mais o que foi obtido no ano passado. Segundo o presidente da estatal, José Sérgio Gabrielli, os recursos atendem às necessidades de financiamento da companhia pelos próximos dois anos.

 

O empréstimo de US$ 10 bilhões concedido nesta terça-feira, 19, pelo Banco de Desenvolvimento da China (BDC) é o segundo maior da história da Petrobras, inferior apenas aos US$ 12 bilhões tomados também neste ano junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

Gabrielli afirmou que a taxa de juros cobrada pelos chineses está abaixo dos cerca de 6,5% que a companhia paga hoje para suas captações de prazo semelhante - dez anos. O menor custo decorre do fato de que o empréstimo tem como garantia o pagamento da venda de petróleo da estatal brasileira para a chinesa Sinopec, também fechado na segunda-feira.

 

A Petrobras vai fornecer 150 mil barris de petróleo dia neste ano e 200 mil barris/dia a partir de 2010, pelos nove anos subsequentes. Além dos US$ 12 bilhões do BNDES e dos US$ 10 bilhões do CDB, a Petrobras obteve neste ano US$ 6,5 bilhões de um sindicato de bancos e US$ 2 bilhões do Eximbank.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.