Em maio, construção de novas moradias recuou

O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2012 | 03h09

As construções de moradias nos Estados Unidos diminuíram em maio, mas as novas permissões para obras atingiram o nível mais alto desde 2008, sugerindo demanda futura. As construções caíram 4,8% em comparação com abril, para a taxa sazonalmente ajustada de 708 mil, segundo o Departamento do Comércio. No entanto, em relação a maio de 2011 houve aumento de 28,5%. O dado de abril foi revisado para 744 mil - o maior desde outubro de 2008. Com isso, o avanço em abril foi de 5,4%, e não de 2,6%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.