Em março, exportações superaram importações em US$ 4,99 bilhões

Em março, exportações superaram importações em US$ 4,99 bilhões

O superávit de março de 2019 é resultado de US$ 18,120 bilhões em exportações e de US$ 13,130 bilhões em importações

Idiana Tomazelli, O Estado de S.Paulo

01 de abril de 2019 | 16h05
Atualizado 01 de abril de 2019 | 17h11

A balança comercial brasileira registrou que o País exportou US$ 4,990 bilhões a mais do que importou em março desse ano. O saldo  é o pior para o mês desde 2016, quando o superavit foi de apenas US$ 4,430 bilhões.

Baseado nesse dado, o governo prevê um superávit de US$ 50,1 bilhões na balança comercial neste ano. Se confirmado, esse será o terceiro melhor resultado na série histórica. No ano passado, porém, o saldo ficou positivo em US$ 58,7 bilhões.

A conta de março foi baseada nos dados de US$ 18,120 bilhões em exportações e US$ 13,130 bilhões em importações. A diferença resultante foi pouco acima das expectativas do mercado financeiro, consultadas pelo Projeções Broadcast

Embora as exportações tenham aumentado em relação a fevereiro, houve queda de 1,0% na média diária se comparada a março do ano passado. A média diária das importações, por sua vez, aumentou 5,1% em relação ao mesmo período.

Pelo aumento das importações, o saldo ficou inferior ao registrado em março de 2018, quando o superávit foi de US$ 6,420 bilhões.

Ano 

No ano, o resultado acumulado é positivo em US$ 10,889 bilhões. As exportações somaram US$ 53,026 bilhões, e as importações, US$ 42,138 bilhões. Nesta comparação, o saldo também é o pior desde 2016, quando o superávit somou US$ 8,378 bilhões.

Somente na quinta semana de março (25 a 31) houve superávit de US$ 913 milhões, com US$ 4,046 bilhões em exportações e US$ 3,133 bilhões em importações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.