Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

Em meio a cortes no Brasil, GM tem lucro de US$ 1,99 bilhão no 4º tri de 2014

Montadora teve desempenho acima das expectativas do mercado; no Brasil, GM anunciou programa de demissão voluntária

O Estado de S. Paulo

04 Fevereiro 2015 | 12h39

O lucro líquido da General Motors antes de dividendos subiu para US$ 1,99 bilhão no quarto trimestre do ano passado, de US$ 1,04 bilhão no mesmo período de 2013. Excluindo algumas despesas, a companhia (cuja sede é em Detroit, nos Estados Unidos)  lucrou US$ 1,19 por ação, bem acima da previsão dos analistas, projetada em US$ 0,83 por ação. 

Na mesma comparação anual, a receita caiu para US$ 39,6 bilhões, de US$ 40,5 bilhões. O lucro líquido após dividendos aumentou para US$ 1,11 bilhão, de US$ 913 milhões. 

A GM informou que pretende elevar o dividendo a partir do segundo trimestre deste ano em 20%, para US$ 0,36, mas a decisão ainda precisa ser aprovada pelo conselho diretor da empresa.  

O lucro operacional da GM na América do Norte subiu para US$ 2,21 bilhões no quarto trimestre, de US$ 1,88 bilhão, diante da alta nas margens de lucro para 8,7%, de 7,5%. Na Europa o prejuízo aumentou para US$ 393 milhões, de US$ 363 milhões. Na América do Sul o lucro operacional mais do que dobrou, para US$ 89 milhões.

Enxugamento. No Brasil, a montadora anunciou um programa de  demissão voluntária (PDV) na segunda-feira, 2, e inovou nos benefícios: ofereceu salários extras e um veículo no valor de R$ 45 mil para o trabalhador que quiser se demitir.

A empresa não é a única do setor a cortar custos. Nos primeiros dias de 2015, Volkswagen e Mercedez-Benz demitiram juntas mais de mil trabalhadores, o que levou a paralisações de metalúrgicos. 

Fabricantes argumentam que a queda nas vendas durante o ano passado prejudicou o desempenho do setor, mesmo com a leve alta no fim do ano passado. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Mais conteúdo sobre:
General Motorsbalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.