Estadão
Estadão

Em protesto contra impostos, gasolina será vendida com desconto em SP

Litro da gasolina custará R$ 1,362 em posto em São Paulo; preço normal com impostos é R$ 2,899

Renato Ghelfi, Agência Estado

26 de maio de 2014 | 17h00

SÃO PAULO - Cinco mil litros de gasolina comum serão vendidos com isenção de impostos nesta quarta-feira, 28, em São Paulo. O desconto faz parte do Dia da Liberdade de Impostos, realizado na capital paulista há seis anos com o objetivo de "demonstrar para a população qual o tamanho da carga tributária brasileira e como ela afeta a vida de cada um", como explica Ricardo Salles, um dos organizadores do evento.

O litro da gasolina, que normalmente sai por R$ 2,899, vai ser vendido no Posto Ipiranga da Avenida Sumaré por R$ 1,362 - uma economia de 53%, referente ao total da carga tributária incidente sobre o produto. Cada carro poderá receber no máximo 30 litros durante o período do protesto, que vai das 9 às 13 horas ou até que o combustível acabe. A diferença de preço será paga pelos organizadores do ato: o Instituto Ludwig von Mises e o Movimento Endireita Brasil, fundado por Salles.

A data do Dia da Liberdade de Impostos foi escolhida com base em informações do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT). O cálculo indica que 28 de maio é o último dos 148 dias trabalhados no ano pelo brasileiro apenas para quitar seus impostos. "Até então, você trabalhou para pagar o governo", afirma Salles.

O Dia da Liberdade de Impostos foi realizado pela primeira vez em Porto Alegre, há 11 anos. Outras cidades do País aderiram ao evento, que ocorre no exterior com o nome "Free Tax Day". No ano passado, os cinco mil litros de gasolina foram vendidos na capital paulista para 188 carros e 41 motos.

Tudo o que sabemos sobre:
protestogasolinaimpostos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.