Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Em recuperação judicial, Celpa tem prejuízo 288% maior

O prejuízo líquido da Centrais Elétricas do Pará (Celpa) em 2011 foi de R$ 391,162 milhões, 288,3% maior do que as perdas registradas no ano anterior. O resultado, divulgado na sexta-feira à noite pela empresa, é muito superior ao declarado no pedido de recuperação judicial feito pela companhia em fevereiro. No processo, a empresa apresentou dados, não auditados e sujeitos a alteração, com prejuízo de R$ 177,387 milhões em 2011. A Celpa, empresa do Grupo Rede Energia, é responsável pela distribuição de energia elétrica em todo o Estado do Pará.

FÁTIMA LARANJEIRA, Agencia Estado

31 de março de 2012 | 20h10

De acordo com o balanço apresentado na sexta-feira pela concessionária, que atende 143 municípios e 1,6 milhão de consumidores, sua receita operacional líquida foi de R$ 2,433 bilhões no ano passado, com alta de 15,3% frente a 2010. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) somou R$ 283,154 milhões, 13,8% menor do que no ano anterior, com a margem Ebitda caindo para 11,6% dos 15,6% registrados em 2010.

As despesas operacionais, compostas de gastos com vendas, gerais, administrativas e outras, aumentaram 52,3%, para R$ 330,8 milhões no ano passado. A dívida financeira líquida da empresa cresceu 55,3% em um ano, de R$ 999,161 milhões para R$ 1,552 bilhão no final de 2011.

Tudo o que sabemos sobre:
Celpaprejuízobalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.