Em relação a 2004, Agropecuária foi o setor que mais cresceu

Nos três primeiros meses deste ano, em relação ao primeiro trimestre de 2004, a Agropecuária cresceu 4,2%, a Indústria, 3,1% e os Serviços, 2,0%. Por subsetores, o único que teve taxa negativa foi o de Comunicações, com -3,2%. Comércio cresceu 4,2% e a Indústria de Transformação, 3,6%. Outros subsetores que cresceram acima da média foram Transporte (4,1%), Aluguel (3,7%), Indústria Extrativa Mineral (3,7%). Os Serviços Indústrias de Utilidade Pública, como energia elétrica e saneamento, tiveram crescimento de 2,9% como o PIB. Os que ficaram abaixo da média foram Instituições Financeiras (2,8%), Construção (0,6%), Administração Pública (0,2%) e Outros Serviços (2,0%), além de Comunicações. Consumo das famílias O Consumo das Famílias cresceu 3,1% e o do governo 0,7%, enquanto o investimento (FBCF), que tinha alcançado no terceiro trimestre do ano passado 19,3% de crescimento, registrou 2,3%, desta vez. Já o lado da demanda externa mostrou taxas bem maiores. As Exportações de Bens e Serviços mostraram crescimento de 13,6% e as Importações, 12,2%.

Agencia Estado,

31 Maio 2005 | 12h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.