Em telefonema, Amorim cumprimenta Lamy pela vitória

O Ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, falou por telefone com Pascal Lamy, para cumprimentá-lo, depois da desistência do candidato Carlos Perez del Castilho à diretoria-geral da OMC, tornando Lamy candidato único, virtualmente escolhido para o cargo.No telefonema, segundo nota divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores, Amorim recordou as negociações e contatos anteriores em que Lamy "sempre revelou equilíbrio e lealdade, mesmo quando defendeu, como Comissário europeu, posições divergentes das brasileiras".Amorim, ainda segundo a nota, manifestou plena confiança de que Lamy, na diretoria-geral da OMC, "contribuirá para o fortalecimento do sistema multilateral de comércio". O ministro reiterou, também, sua disposição pessoal e a do Governo brasileiro de trabalhar em conjunto e em diálogo constante com o futuro Diretor-Geral, para "tornar a OMC mais democrática, transparente e receptiva às reivindicações dos países em desenvolvimento".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.