Embaixada brasileira desmente crise do País com Argentina

A Embaixada brasileira em Buenos Aires emitiu um comunicado oficial negando a existência de uma crise entre o Brasil e a Argentina."O diálogo entre o governo brasileiro e o governo argentino é fluído, próximo e franco", diz a nota, numa réplica às declarações do ex-embaixador argentino em Washington, Eduardo Amadeo, de que os problemas entre ambos países ocorrem por falta de diálogo. "Os atuais governos estabeleceram e continuam a aprimorar uma sistemática de cooperação e consultas bilaterais nas mais diversas áreas de interesses mútuos", continua a nota.Segundo a posição da embaixada brasileira, "as matérias na imprensa sobre supostas divergências (entre os dois países) não correspondem a um nível de excelência e amizade que continuamente observamos em todos os contatos oficiais", conclui a nota.O governo brasileiro tenta baixar os decibéis que as declarações do chanceler Rafael Bielsa alcançaram sobre as diferenças entre ambos sócios. Porém, um diplomata com longa experiência nas relações bilaterais explicou à Agência Estado que dificilmente o Brasil conseguirá apagar esse incêndio reavivado.O diplomata comentou que num ano de eleições, onde o presidente Néstor Kirchner está posicionando-se como uma disputa pessoal, de aprovação de seu governo, manter uma postura mais intransigente e dura para negociar com outros países ou com o próprio Fundo Monetário agrada o eleitorado argentino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.