Embaixador da França no Brasil destaca a dedicação do jornalista Robert Appy

Editorialista do 'Estado' faleceu nesta sexta-feira, aos 87 anos; ele nasceu na França, mas vivia no Brasil há 60 anos

Economia & Negócios,

07 de junho de 2013 | 17h10

SÃO PAULO - O editorialista do Estado Robert Eugène Appy faleceu nesta sexta-feira, aos 87 anos. Ele nasceu na França, mas vivia no Brasil há 60 anos, para onde veio a convite de Julio de Mesquita Filho para escrever sobre economia. Veja abaixo os depoimentos sobre Appy: 

 

Bruno Delaye

Embaixador da França no Brasil

"Foi com grande pesar que soubemos da notícia do falecimento do senhor Robert Appy neste dia em São Paulo. Appy nasceu na cidade francesa de Cavaillon, no departamento de Vaucluse. Desde sua chegada ao Brasil, sempre trabalhou voluntariamente e com extrema eficácia em prol dos interesses franceses e das instituições sociais e educativas da comunidade francesa em São Paulo. Sua dedicação e dinamismo fizeram com que ele fosse escolhido membro do Conselho Consultivo da Câmara de Comércio Franco-Brasileira (CCFB). Como membro do Cendotec (Centro Franco-Brasileiro de Documentação Técnica e Científica), sua atuação permitiu o desenvolvimento das relações deste centro com os meios científicos e econômicos brasileiros. Ele também foi membro do conselho da Aliança Francesa, a quem ofereceu um apoio contundente. Ele foi recentemente condecorado com a medalha de Cavaleiro da Legião de Honra, por meio de um decreto presidencial de 31 de dezembro de 2012, publicado no Diário Oficial francês em 1° de janeiro de 2013. Essa condecoração de Robert Appy foi o reconhecimento de uma ação de longo prazo em favor das relações franco-brasileiras. A Embaixada da França apresenta suas sinceras condolências aos seus familiares e amigos."

Rogério Amato

Presidente da Associação Comercial de São Paulo

"Lamentamos muito o falecimento do grande jornalista Robert Appy.  Além de ser o pioneiro do jornalismo econômico no Brasil, Appy transmitia muita credibilidade como editorialista de O Estado de S. Paulo e por muitos anos foi do Comitê de Avaliação de Conjuntura da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). É uma grande perda para todo o Brasil."

Norman Gall

Diretor-executivo do Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial

"Robert Appy foi fundador e militante do Instituto Fernand Braudel que, desde o início, mostrou entusiasmo e preocupação pelo andamento da economia e da sociedade brasileira. Ele sentia muito orgulho por ter sido entrevistado pelo grande historiador Braudel, que na época de sua chegada ao Brasil foi incumbido por Julio de Mesquita para a tarefa." 

Tudo o que sabemos sobre:
Robert Eugène Appy

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.