Embarque de grãos é retomada no Porto de Paranaguá

As chuvas, que interromperam os embarques de grãos no Porto de Paranaguá nos últimos três dias, deram trégua na manhã desta terça-feira, 18, o que permitiu a retomada das operações nos três berços do Corredor de Exportação. Das 9h às 13h, foram carregadas 17 mil toneladas de grãos, de acordo com a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa).

GABRIELA MELLO, Agencia Estado

18 de fevereiro de 2014 | 16h20

Se o tempo continuar firme até a meia-noite, o volume embarcado poderá chegar a 25 mil ou 30 mil toneladas, calcula a entidade. Ainda assim, ficará consideravelmente abaixo da média de 60 mil toneladas por dia verificada durante o período de seca.

Dos navios que estão atracados no Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá neste momento, dois são de soja e um é de farelo. Quatro embarcações têm carga 100% contratada e aguardam para atracar, disse a Appa, e outras 40 esperam ao largo ainda sem contrato.

Na segunda-feira, 17, a paralisação por causa das chuvas durou 24 horas e nenhum embarque foi efetuado. O mesmo aconteceu no sábado e no domingo. Mais precipitações são esperadas para todo o Brasil nos próximos dias, conforme a Somar Meteorologia. "Muitas dessas chuvas sobre as regiões Sul, Sudeste e Nordeste, deverão vir na forma de pancadas, com maior abrangência", informou o boletim meteorológico da Somar.

Tudo o que sabemos sobre:
SojaParanaguá

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.