Embarque de petróleo está voltando ao normal, diz Líbia

A Líbia fez progressos durante o fim de semana para aumentar os embarques de petróleo de seus terminais fechados, informou o ministro do setor. Esse movimento pode ajudar a enfraquecer os preços globais da commodity, que subiram recentemente, em parte, devido aos problemas de oferta no país.

PATRÍCIA BRAGA, Agencia Estado

11 de agosto de 2013 | 17h01

Reivindicação de aumento de salários e demanda local por emprego fez com que grande parte dos terminais da Líbia permanecessem fechados nas duas últimas semanas. Apenas o maior porto de embarque de petróleo, Zawiya, ao noroeste da Líbia, permaneceu aberto. Como resultado, as exportações e a produção caíram para níveis que não eram vistos desde a Guerra Civil que derrubou Moammar Gadhafi em 2011.

Em entrevista ao Wall Street Journal, o ministro do Petróleo da Líbia, Omar Shakmak, disse que um petroleiro está atracado em um terminal anteriormente fechado e que os embarques estão aumentando no maior porto de petróleo do país. "Hoje, estamos embarcando combustível" do terminal de Tobruk Marsa el-Hariga no leste do país, informou. O petroleiro esta indo para Zawiya, acrescentou Shakmak.

O embarque é significativo, porque Marsa el-Hariga, que estava fechado, exporta petróleo bruto da Arabian Gulf Oil Co., a maior empresa de petróleo do país em produção, o que representa 400 mil barris dia. Esse volume de petróleo é suficiente para suprir a necessidade de países europeus de médio porte como Grécia e Suécia.

Shakmak também disse que "progressos estão sendo feitos" nas conversas sobre a retomada das exportações em Es Sider, maior terminal de petróleo do país. Ele disse que as negociações na manhã de domingo tiveram "resultados positivos".

O ministro do Petróleo informou que a produção de petróleo bruto da Líbia está atualmente em 690 mil barris dia. Embora este nível esteja totalmente em linha com a semana passada, ele permanece abaixo da metade da produção normal que é de 1,5 milhão de barris dia. A Agência Internacional de Petróleo estima que a produção global total em julho ficou em 91,85 milhões de barris dia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
LíbiapetróleoembarqueGadhafi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.