Sérgio Castro/Estadão
Sérgio Castro/Estadão

Embraer aceita 1.463 inscrições no Programa de Demissões Voluntárias

Desligamentos ocorrerão na primeira semana de outubro; empresa diz que outras iniciativas para a redução de custos estão sendo implantadas

Victor Aguiar, O Estado de S.Paulo

27 Setembro 2016 | 10h28

SÃO PAULO - A Embraer informa que aceitou as inscrições de 1.463 empregados em seu Programa de Demissões Voluntárias (PDV). Ao todo, 1.470 funcionários haviam se cadastrado. Os desligamentos serão realizados na primeira semana de outubro.

Em nota, a empresa afirma que o PDV foi uma das iniciativas adotadas visando a redução de custos recorrentes e que outras ações com esse objetivo, cujos impactos só serão dimensionados ao longo dos próximos meses, estão sendo implantadas. A Embraer, no entanto, não dá mais detalhes sobre quais seriam essas medidas.

"Os sindicatos que representam os empregados já foram convidados a conversar com a empresa a partir desta segunda-feira (26) para ajudar a construir soluções em conjunto", diz a companhia. "A Embraer tem ciência de sua relevância para a comunidade e tem atuado com absoluta transparência para superação desse momento desafiador da melhor maneira possível".

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO Embraer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.