Embraer anuncia a venda de 11 jatos para a Taca

A companhia aérea Taca, uma das mais importantes da América Latina com sede em El Salvador, assinou contrato com a brasileira Embraer para a compra de 11 jatos modelo Emb190. O negócio, que permite a compra de outras 15 unidades, pode chegar a US$ 897 milhões, caso as opções sejam convertidas. Cada unidade custa, ao preço de tabela, US$34,5 milhões. A frota da Taca liga a América Central com os Estados Unidos, Canadá, México, voando para 35 destinos em 20 países. São 140 vôos por dia e 4 milhões de passageiros por ano. As aeronaves serão configuradas em duas classes para 96 passageiros e as entregas começam no ano que vem. "Com a compra nossa companhia reforça o serviço nos seus diferentes mercados na América Latina", disse o presidente do Conselho Administrativo da Taca, Roberto Kriete, referindo-se à necessidade da empresa em atender clientes em mercados pequenos, em crescimento ou com necessidade de novas freqüências.

SIMONE MENOCCHI, Agencia Estado

24 de outubro de 2007 | 18h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.