Embraer anuncia venda de 3 aviões por mais de US$ 96 milhões

Fabricante brasileira fecha acordo com empresas grega e árabe para venda de aeronaves executivas

Efe,

15 de julho de 2008 | 16h49

A Embraer anunciou nesta terça-feira, 15, na Farnborough Air Show, feira aeronáutica londrina, a venda de três aviões executivos por US$ 96,81 milhões. No segundo dia da feira, a Embraer informou que a empresa grega K2 SmartJets assinou um contrato para a aquisição de duas aeronaves Legacy 600 (com capacidade para até 14 passageiros) no valor de US$ 53,86 milhões. A primeira entrega acontecerá em 2009, disse a Embraer.   A empresa também assinou um contrato para a venda de uma unidade do modelo Lineage 1000 (com capacidade para até 19 passageiros) ao Grupo Al Habtoor, dos Emirados Árabes Unidos, por US$ 42,95 milhões.   A companhia brasileira administrou esta operação de compra através da empresa internacional de serviços de vôos de luxo Royal Jet, com sede em Abu Dhabi, que representou o Grupo Al Habtoor. A Embraer já tinha anunciado ontem a venda de 22 aviões do modelo190 às companhias aéreas Aeroméxico, NIKI e NAS por US$ 825 milhões.   A Farnborough Air Show, feira bienal que este ano realiza sua 46ª edição, começou na última segunda marcada pela rivalidade entre a Boeing e a Airbus, assim como pela pressão sobre o setor aeronáutico por causa da escalada do preço do petróleo.   O evento, uma das grandes vitrines da indústria da aviação, reunirá até domingo 1.500 expositores de 35 países.

Mais conteúdo sobre:
AviaçãoEmbraer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.