Embraer capta US$ 100 milhões no mercado japonês

A Embraer concluiu uma captação de US$ 100 milhões no mercado japonês, com prazo total de sete anos. O financiamento contou com garantias do Unibanco e do Nippon Export and Investment Insurance (NEXI), agência de crédito à exportação do governo do Japão.A operação alcançou custo total inferior a 8,0% ao ano (incluindo comissões de estruturação, garantia e prêmios de seguro), apesar da dificuldade de obtenção de recursos externos de longo prazo por parte de emissores de países emergentes.O Unibanco, um dos poucos bancos brasileiros que o NEXI aceita para avalizar risco perante os investidores japoneses, recebeu o mandato da operação em maio último, quando a estrutura final foi desenhada e submetida à aprovação da seguradora japonesa.Essa operação, cujos recursos ingressaram no caixa da empresa na última sexta feira (20) nasceu há mais de um ano, momento em que a Embraer deu início às negociações com a Mitsui. Para viabilizar o financiamento, o Unibanco assumiu a responsabilidade de co-pagador, dando cobertura integral à operação.O NEXI, por sua vez, vai assegurar aos investidores cerca de 97,5% do risco político e 90% do risco comercial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.