Embraer contrata 4 mil funcionários no interior de SP

A fabricante de aviões Embraer deu início nesta semana à seleção de profissionais para contratar 4 mil funcionários para as fábricas de São José dos Campos, Botucatu e Gavião Peixoto, no interior de São Paulo. O período de contratação se estende até julho. Três mil trabalhadores serão para a unidade de São José dos Campos e 80% deles vão atuar na produção de aeronaves. Outros 20% serão engenheiros, projetistas ou terão funções na área administrativa. Para trabalhar na produção dos aviões, os requisitos mínimos para são o segundo grau completo e cursos de formação básica em mecânica, elétrica ou eletrônica. "Não há restrição de idade já que a Embraer busca os melhores profissionais no mercado", explicou o diretor de Recursos Humanos Carmine Sarao Neto. As contratações são decorrentes dos contratos fechados pela empresa, principalmente na venda de jatos dos modelos Embraer 170/190. Em pedidos firmes, a carteira da Embraer chega hoje a US$13,3 bilhões. Atualmente a Embraer tem 18.300 trabalhadores. Os currículos só poderão ser encaminhados à empresa pela internet. Na página eletrônica da Embraer, o candidato acessa o ícone Recursos Humanos e em seguida preenche o curriculum. "Não adianta encaminhar curriculum por alguém conhecido ou procurar a empresa pessoalmente. O cadastro será somente pela internet." Sete agências de emprego de São José dos Campos foram contratadas para fazer o primeiro contato com os candidatos. Nenhuma empresa está autorizada a cobrar taxas dos candidatos. "Todo procedimento é gratuito e o treinamento será feito pela empresa", salientou Sarao Neto. Os selecionados começam com o cargo de trainee e passarão por treinamento e avaliação durante três meses. "A Embraer investe em treinamentos sempre. No ano passado foram 30 mil participações em cursos e uma média de 40 horas por funcionário". Nos últimos cinco anos a empresa investiu US$100 milhões na qualificação profissional dos empregados. Para os cargos de trainee o piso salarial é de R$ 900. Entre os benefícios estão transporte, alimentação, plano de saúde, reembolso na aquisição de remédios, plano de aposentadoria e plano de carreira. Para os cargos de trainee, a empresa não exige, inicialmente, que o candidato fale inglês. "O inglês é necessário mas não é essencial para o início. A Embraer prima por uma postura adequada em termos de valores, responsabilidade, qualidade e empenho", concluiu o diretor de RH.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.