Embraer e Lockheed devem construir avião militar

A Embraer e a empresa norte-americana Lockheed Martin vão formar uma aliança para participar de uma concorrência para a venda de aviões de vigilância para as Forças Armadas dos Estados Unidos, informou hoje o Wall Street Journal. Segundo o diário, que citou fontes próximas à negociação, o acordo deverá ser anunciado ainda hoje. No início deste mês, a Embraer anunciou a construção da sua primeira fábrica nos Estados Unidos para a produção de aeronaves destinadas ao mercado norte-americano de defesa. Nesta semana, a companhia brasileira anunciou um contrato de venda de 100 jatos para a companhia aérea norte-americana JetBlues, um negócio avaliado em US$ 3 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.